Hospital de Amor: proposta de modelagem jurídica é apresentada ao TCE e ao MP

Essa semana a PGE-GO apresentou ao TCEGO e ao MPGO a proposta de modelagem jurídica para viabilizar a implantação, em Goiás, de um complexo de saúde semelhante ao Hospital de Amor de Barretos/SP. 

O objetivo é oferecer à população goiana, de modo inteiramente gratuito (100% SUS), o mesmo nível de excelência e humanização de uma das mais renomadas instituições de prevenção e de combate ao câncer da América Latina.

Nas reuniões, respectivamente realizadas segunda-feira e ontem, 17 e 19 de outubro, a procuradora-geral Juliana Diniz Prudente mostrou o projeto acompanhada do procurador do Estado Daniel Garcia e do secretário estadual de Saúde Sandro Rodrigues, que também levou sua equipe técnica para esclarecer dúvidas dos órgãos de controle.   

A iniciativa é fruto da recente doação de uma extensa área pelo Governo Federal, em junho deste ano, que deverá ser destinada ao Estado de Goiás para a construção do complexo oncológico. 

A proposta de parceria social partiu da Fundação Pio XII, que mantém o Hospital do Amor em Barretos desde a década de 1960 e, atualmente, também mais de 16 unidades Brasil afora. Todas elas oferecem o serviço de saúde gratuitamente, sem qualquer ânimo lucrativo. 

A ideia é que a unidade goiana reproduza, dentro do possível, a planta arrojada de Barretos, com cerca de 45 mil metros quadrados. Ela deve ser implantada às margens da BR-153, próximo ao Aeroporto de Goiânia. 

O hospital deve ser palco para o tratamento eficiente e humanizado contra o câncer, com tudo oferecido pela rede de saúde pública.

Só no ano de 2021, a Fundação Pio XII contabilizou que 6.688 pacientes goianos se deslocaram de seus 139 municípios para se tratar no Hospital de Amor de Barretos/SP, unidade que ofereceu 42.880 atendimentos. Tais números reforçam não apenas a necessidade, mas o desejo da população de ter no estado de Goiás o Hospital de Amor, centro de referência de combate ao câncer.

Joomla Gallery makes it better. Balbooa.com

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.