Governador Ronaldo Caiado dá posse a 29 novos procuradores do Estado

O governador Ronaldo Caiado deu posse aos 29 novos procuradores do Estado de Goiás aprovados no XIV Concurso Público realizado pela PGE. A solenidade foi realizada nesta terça-feira, 19, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira.  Eles entrarão em exercício já nesta quarta-feira, 20, quando terá início o Curso de Integração e Formação. Ao dar posse aos novos servidores, o governador reconheceu a importância do trabalho realizado pela categoria e pela instituição. “Aqui vocês têm autonomia. Não existe um ato que eu assine que não passe por vocês. E nenhum órgão em Goiás sem a presença de um procurador”, garantiu.

Ao dar as boas-vindas aos recém-empossados, a procuradora-geral do Estado, Juliana Diniz Prudente, ressaltou que os novos colegas devem atuar com viés de conciliação e em defesa da cidadania. “Em Goiás, a advocacia pública tem a força necessária para uma atuação técnica independente. E é claro, sempre em harmonia e parceria com todos os Poderes e órgãos de controle”, sublinhou. 

Juliana lembrou que, mesmo diante das dificuldades enfrentadas pelo Estado nos últimos anos, como a luta por recuperação fiscal e a pandemia, Caiado atendeu a demanda da PGE com a realização do concurso público. Ela observou que um concurso como o da carreira de Procurador do Estado, com quatro fases, leva, em média, 15 meses para ser concluído, mas o da PGE foi feito em oito meses, tendo início em 12 de agosto de 2021, com a publicação do edital, culminando com a posse solene.

A procuradora-geral agradeceu à Comissão Organizadora do certame pela dedicação e pela celeridade, sem abrir mão da qualidade. “Conseguimos, com isso, selecionar excelentes candidatos, de altíssimo nível acadêmico, representantes de 14 entes da Federação”, comemorou, falando também sobre os desafios que esperam os novos procuradores. “Em dois anos, tivemos o incremento nas demandas da Justiça Estadual em mais de 173%”, relatou, explicando que o reforço na equipe vai melhorar a eficiência. “Nosso governador sempre pautou suas lutas pelo pleno respeito ao Estado de direito.

Valoriza uma advocacia pública forte e independente tecnicamente”, assegurou. “Sei que cada um tem uma história com sua parcela de sacrifício para chegar até aqui, mas acredito que esse êxito não deve ser um fim em si mesmo, mas um ponto de partida e parte da responsabilidade de representar o Estado de Goiás”, afirmou Juliana, orientando os procuradores a enxergar o novo ofício como uma missão, com a responsabilidade de lidar com o dinheiro público e com milhares de cidadãos, com a democracia e a cidadania. 

Atuação 

O presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (Apeg), Claudiney Rocha, destacou a importância da comunicação, especialmente para os recém-chegados à PGE. “Que Goiás conquiste cada um de vocês. Juntos, poderemos construir uma PGE melhor”, disse.

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape), Vicente Braga, pontuou que em cada política pública realizada em Goiás há “o dedo de um procurador do Estado”. “Nossa função é essencial para implementar as propostas de governo. Somos a advocacia da democracia”, concluiu.

A nova procuradora do Estado Georgia Haddad, primeira colocada no certame, falou em nome dos empossados e classificou como uma dádiva a função assumida por ela e pelos demais colegas durante o ato de posse. “Temos o compromisso de trabalhar incessantemente para que o Estado seja cada vez mais forte, rico e estruturado. Que entrega e que realiza o interesse público em favor de cada um dos cidadãos goianos”, salientou.

Também falou o procurador Pérsio Martins da Rocha, primeiro lugar entre os candidatos com deficiência. “Finalmente, chegou o grande dia. Conseguimos sonhar, planejar, executar. O espírito livre não se rende; antes, luta até o fim”, afirmou.

Participaram da solenidade o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Carlos Alberto França; o procurador-geral de Justiça, Aylton Vechi; o defensor público-geral do Estado em exercício, Tiago Gregório Fernandes; o deputado estadual Virmondes Cruvinel; o presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Goiás, Claudiney Rocha Rezende; além dos secretários de Estado Jorge Luis Pinchemel (Casa Civil) e Joel Sant’Anna (Indústria, Comércio e Serviços); e do conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Marcello Terto, que é procurador do Estado de Goiás.

Joomla Gallery makes it better. Balbooa.com

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.